Guerra da Tríplice Aliança – História de Mato Grosso – Cuiabá

A Guerra do Paraguai (1864-1870) foi, dentre todos os conflitos que se sucederam entre nações no continente sul-americano, o mais prolongado e cruento. Por muito tempo perdurou nos livros a narrativa de que o confronto tenha sido incitado pelas inclinações dos imperialistas britânicos, visto que o desenvolvimento autossustentável paraguaio não se encaixava no esquema inglês que tinha como objetivo conservar os países sul-americanos como provedores de matéria-prima e consumidores dos produtos industrializados. Dessa forma, transformava a Inglaterra no principal país que beneficiou e financiou essa luta armada, fazendo com que o Brasil e a Argentina agissem como marionetes do imperialismo britânico, para que neutralizasse o modelo de desenvolvimento do Paraguai.

A Rusga – História de Mato Grosso | Cuiabá

Após a saída de Dom Pedro I e o início do governo regencial, a competição entre os grupos políticos se tornou ainda mais acirrada, chegando ao ponto de desencadear diversas revoltas pelo Brasil. No Mato Grosso, o conflito entre os liberais e os conservadores era representado pela “Sociedade dos Zelosos da Independência” e a “Sociedade Filantrópica”, respectivamente. Em 1834, os desacordos na província resultaram em um confronto bastante violento chamado de Rusga.

Mato Grosso Colonial – História de Cuiabá

A história de Mato Grosso, no período “colonial” é importantíssima porque, durante os governos, o Brasil defendeu o seu perfil territorial e consolidou a sua propriedade e posse até os limites do rio Guaporé e Mamoré. Foram assim contidas as aspirações espanholas de domínio desse imenso território.